• Elaine Figueiredo

Profissões em TI em alta, conheça 10 áreas de tecnologia que estão bombando e mais bem pagas.


Segurança da Informação: O Gerente de Segurança de Tecnologia da Informação é responsável por garantir a integridade, legitimidade e autenticidade das informações, como dados pessoais, dados bancários e outros. Através de criptografias, protocolos de segurança, certificações e assinaturas digitais, é possível que essas informações não sejam acessadas indevidamente.

Assim, o Gerente de Segurança da Informação deve estar atento às tentativas de invasão, brechas nos sistemas, além de estar sempre atualizado sobre novas tecnologias mais seguras. Afinal, ele precisa pensar à frente dos criminosos virtuais, que aproveitam falhas na segurança para agir. Por conta do nível de responsabilidade desse profissional, essa se torna uma das áreas de TI mais bem pagas. O salário médio do gerente é de R$ 12.877,00.


Desenvolvimento de Sistemas: Desenvolvimento de Sistemas desenvolve programas para computadores e outros dispositivos computacionais como, por exemplo, aparelhos celulares e tablets, visando a automação de todos os processos relativos às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), ou seja, seu trabalho envolve a produção de software e sua integração com processos administrativos, comerciais, hospitalares, industriais, de automação residencial, automação industrial, de serviços, de telecomunicações e de teleprocessamento. Salário Médio 6700,00.


Engenheiro de Software: É o engenheiro de software é responsável pela criação, modelagem, validação e manutenção de softwares que o cliente precisa. A partir de linguagens de programação, metodologias e técnicas específicas, este profissional é capaz de fazer tudo funcionar, com eficiência e qualidade.

O engenheiro atua em empresas de software que criam soluções empresariais e até mesmo dentro de grandes multinacionais de informática. Ele também pode ser um freelancer e fazer consultorias ou trabalhos autônomos. O salário médio de um engenheiro de software é de R$ 9.393,00.


Especialista em Redes de Computação: Ele atua de forma parecida com o de Sistemas Operacionais, mas em outro ramo. Quando há algum problema de comunicação entre computadores, dispositivos e redes de uma empresa, é ele quem é chamado. Assim, o engenheiro precisa fazer um diagnóstico e encontrar a falha na rede que ocasionou a queda no sinal, que é um dos problemas que mais acontecem.

Podem ser problemas de todos os tipos. Dos físicos (como cabos rompidos) até falhas de programação ou invasão de sistema. É um problema que precisa ser resolvido com rapidez para restabelecer a comunicação e manter a empresa funcionando devidamente. O salário deste especialista é de R$ 8.389,00.


Engenheiro de Dados: Atualmente, estamos cercados de dados e informações de todos os tipos. Com a popularização da internet, a qualidade de dados aumenta exponencialmente. E para transformar essas informações em conhecimento que possam gerar resultados para as empresas, é possível utilizar a tecnologia. Para gerenciar essa quantidade astronômica de informações, engenheiros de dados são as pessoas mais indicadas.

Eles sabem como lidar, processar e usar os dados a favor das empresas. Há tecnologias e técnicas específicas para tornar o trabalho mais preciso e que trazem informações importantes que farão a diferença para as instituições. O salário médio deste profissional é de R$ 8.884,00.


Data Base Administrator (DBA): O profissional de DBA é o administrador de banco de dados. Fica sob sua responsabilidade o cuidado com as informações que a empresa possui. Aqui falamos de dados pessoais de associados, clientes, prontuários de pacientes, dados bancários, governamentais e de pesquisas, só para ficar em alguns exemplos.

O administrador de banco de dados é como uma espécie de guardião também. Ele deve saber acessar esses dados, quando solicitados, e cuidar para que esses não sejam indevidamente acessados. O salário deste profissional é de R$ 6.732,00.


Especialista em Computação na Nuvem: A cloud computing, ou computação em nuvem, é uma descoberta e tanto – e nem é de agora. Em vez de armazenar seus arquivos, fotos e demais dados em um computador ou servidor físico, tudo fica arquivado na internet. Assim, você consegue acessar esses dados o tempo todo, e pode conceder acesso a outras pessoas. Não é mais preciso ficar trocando arquivos atualizados entre os membros de uma equipe. Agora tudo fica acessível para todos.

Por conta do trabalho feito cada vez mais de forma remota, esses especialistas estão ficando mais disputados nas empresas. Eles precisam garantir que tudo esteja funcionando corretamente, sem falhas de segurança. Os cursos superiores mais indicados são o de Computação em Nuvem e Banco de Dados.


Cientista de Dados: Empresas hoje lidam com uma quantidade estratosférica de informações. Podem ser sobre seus clientes, associados, fornecedores ou tudo isso junto. No mercado de trabalho de marketing digital, por exemplo, as estratégias só são eficazes se baseadas em dados e informações internas e externas. E pode ser um pouco de tudo: hábitos de consumo, de navegação, postagens na internet, além dos dados básicos de idade, sexo, residência e profissão.

Os Cientistas de Dados são especialistas justamente em lidar com grandes quantidades de informações, conhecida como Big Data. Com técnicas específicas de análise, eles conseguem extrair informações valiosas para a tomada de decisão. Por esse motivo, se torna uma das profissões em alta na área de tecnologia. O curso mais adequado para começar é o de Ciência da Informação ou Ciência de Dados.

Profissional de UX/UI: Os novos produtos e serviços hoje não precisam ser apenas funcionais. Eles precisam trazer uma experiência agradável para o usuário. Isso conta pontos para que, no futuro, o usuário procure seu produto ou serviço novamente. Assim, os analistas de User Experience (UX) e User Interaction (UI) são os profissionais mais especializados nesse assunto.

Aqui, eles desenvolvem um conjunto completo de soluções para fazer um produto ou serviço ser mais do que útil. A experiência precisa ser inesquecível. Dessa forma, para quem quer ingressar nessa área, os cursos de UX/UI e Design de Experiência são os mais indicados.


Especialista em Marketing Digital: Outra novidade que a internet trouxe, juntamente com a tecnologia, é a forma de divulgar seus produtos ou serviços. Os anúncios veiculados nos meios físicos, podem não funcionar tão bem quanto antigamente. Assim, o Marketing Digital usa técnicas especializadas, que falam do seu produto ou serviço, de acordo com a jornada do consumidor. Quais são suas necessidades? O que ele procura? Como meu produto ou serviço pode ajudá-lo?

Saber se comunicar com os clientes potenciais da empresa, no canal digital que ele está, e desenvolver maneiras de interagir com eles, é responsabilidade do profissional de Marketing Digital. E, constantemente, as práticas da área vão se aperfeiçoando e se desenvolvendo. Temas como Growth Hacking, por exemplo, são cada vez mais explorados para favorecer o rápido crescimento das empresas. Dessa forma, o Marketing Digital continua sendo uma das profissões em alta. Para ingressar na área, o curso superior de Marketing Digital é o mais indicado.


Especialista em Jogos Digitais: O entretenimento não pode ficar de fora. Celulares, que nos acompanham o tempo todo, têm uma enorme quantidade de aplicativos. Entre eles, os jogos. A indústria do entretenimento é um mercado que cresce cada vez mais e que precisa de profissionais que saibam desenvolver boas histórias e ótima interação com o usuário. Assim, o Game Designer se torna uma das profissões em alta na área de tecnologia.

O especialista em Jogos Digitais precisa criar uma narrativa, regras e elaborar a forma de jogar para que o usuário tenha uma experiência agradável. Há outro campo de trabalho, que são jogos educativos. Aqui falamos tanto para auxiliar a educação de crianças quanto na formação profissional de adultos. Uma grande tendência da Educação 4.0. O curso de Jogos Digitais traz esse embasamento para a formação deste especialista.


Referências:

https://www.salario.com.br/resultados-da-busca/

Procura por profissionais de tecnologia cresce 671% durante a pandemia | CNN Brasil

https://exame.com/carreira/os-15-cargos-com-melhores-salarios-na-area-de-ti/

https://itforum.com.br/noticias/9-carreiras-de-ti-em-alta-salario-chega-a-r-28-mil/

http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/informacoesGerais.jsf

0 visualização0 comentário