• Andreza Benatti

10 hábitos negativos que você deve evitar no ambiente de trabalho

Atualizado: Nov 9

Comportamentos normais para uns e estranhos para outros, como costumo dizer, "sob um CNPJ" estamos sujeitos a tudo. No entanto, cada vez mais as pessoas buscam seu espaço no trabalho e isso é positivo.


Carreira, desenvolvimento profissional, conhecimento, comportamento.

Alta produtividade sempre foi justificativa para suportar comportamentos grosseiros... Isso ainda é verdade, mas as empresas e os relacionamentos estão evoluindo e, o que era aceitável há alguns anos, tem deixado de ser, no meio corporativo. A questão principal é a geração de oportunidades de crescimento e, aí é preciso ir além das habilidades técnicas. É preciso ter Soft Skills, ou seja, habilidades comportamentais de relacionamento que estejam alinhadas com a cultura e valores da empresa.


Abaixo um lista de hábitos para evitar no meio corporativo e aumentar suas chances de chegar lá!


Hábito n.º 10 - Ser desorganizado


Bagunça não é legal! Seja física ou na gestão de tarefas. Ser desorganizado pode gerar desconfiança na sua capacidade de entrega ou até, alguns estudo apontam, falta de integridade. Lembre-se, é sobre a percepção do outro que estamos falando, pois sabemos identificar um "Bagunceiro" ou o "Sr. Organizadinho" e, falamos bem da pessoa organizada, arrumada e pontual.


Hábito n.º 9 - Evitar Feedback


Tem gente que não gosta de receber feedback de colegas ou superiores. Em geral, do líder acatamos, mas olhamos com indiferença feedbacks de "iguais". Aqui é preciso bom senso, pois há feedbacks que valem a pena serem ouvidos, que realmente mostram que nosso comportamento é inadequado e devemos mudar. Já outros feedbacks não são importantes. Então, se comportar de maneira negativa, com aquela "cara de nojinho", em relação aos toques das outras pessoas, não é justificável. Podemos ouvir e desconsiderar, pois não agregam valor para nossa vida, mas filtrar o que nos faz crescer é fundamental para melhorar como profissional.


"Quando você esconde a verdade de alguém, achando que está poupando a pessoa de sofrer, na verdade você está tirando o poder de escolha que é um direito dela. conte a verdade e deixe que ela decida o que fazer."

Hábito n.º 8 - Utilizar objetos ou materiais de colegas de trabalho sem permissão prévia


Isso é muito pessoal, depende da sua criação e de como você lida com suas coisas materiais. O fato é que, há pessoas que não gostam desse comportamento e podem formar uma opinião negativa a seu respeito, por um comportamento simples de mudar. O ideal é não julgar e não ser julgado, mas sabemos que, na prática, "pessoas falam de pessoas" e, podem interpretar mal, apenas o empréstimo de uma borracha. Sempre peça para utilizar as coisas dos outros colegas. E, se não te emprestarem, tudo bem. Lembre-se, quando eu te peço algo, você tem o direito de dizer não!


Hábito n.º 7 - Comunicação grosseira


Este hábito também depende de como somos educados e o que consideramos grosseria, embora algumas indelicadezas sejam "básicas", como piadinhas machistas ou racistas. Além disso, há situações em que as pessoas se sentem ofendidas por algo, que pode parecer normal para mim ou para você. Então, nada mais digno que pedir desculpas, quando algo dito e entendido como grosseria incomodar alguém.


Hábito n.º 6 - Tratar assuntos pessoais no trabalho


De verdade, ninguém quer saber sobre sua vida pessoal, somente os fofoqueiros de plantão! No geral, no ambiente de trabalho, há uma expectativa sobre seu desempenho e sua capacidade/habilidade de entregar as tarefas que foram designadas. Então, certamente que você pode (e deve) comentar sobre alegrias e dificuldades da vida, mas de uma maneira informal e que, não demostre que seu trabalho será afetado. Salvo, em momentos críticos, como o falecimento de um familiar ou uma necessidade ocasional, serão certamente compreendidas, mas nada constante que, mais uma vez atrapalhe o desempenho esperado.


Hábito n.º 5 - Falta de pontualidade


Esta dica é importante e, eu admito que acho difícil seguir! No meu caso, posso dizer que é incapacidade de dimensionar as atividades e achar que em "15 min eu resolvo", mas na prática, serão 50 min. Então, se você se identifica com esse hábito, técnicas como o Pomodoro vão ajudar bastante! E aprender a lidar com prazos é fundamental para crescer na vida, não somente na carreira. Pontualidade também faz parte do hábito 10 - Ser desorganizado, então, resolver um deles já te garante melhorias em ambos.


Hábito n.º 4 - Ser negativo


Devemos entender que a negatividade, na maioria das vezes nasce de uma insatisfação. Nem sempre temos consciência da causa desse comportamento, mas o problema principal é que ele afeta o clima organizacional como um todo, pois gera aborrecimentos e conflitos coletivos, irrita os colegas e, por fim, afetar a produtividade da área. Prestar atenção em nossos comentários e na reação das pessoas, nos ajudar a identificar se estamos sendo muito negativos sobre determinados assuntos.


Hábito n.º 3 - Fofoca


A fofoca está diretamente ligada à negatividade e, também afeta a moral e a produtividade da empresa, além de afetar a reputação das pessoas. E, atualmente pode gerar processo por danos morais, se comprovado que houve dano devido a fofoca. Portanto, é necessário identificar se nós gostamos desse hábito ou, quando identificamos que alguém vem compartilhar uma "informação quente", o que fazer? Primeiramente, tente mudar de assunto. em geral funciona. Oriente a pessoa a resolver a "queixa" sobre a outra pessoa, diretamente com ela. Mude o clima negativo para algo positivo. Em geral, essas dicas ajuda a tranquilizar o ambiente e dispersar o assunto, sem precisarmos ser grosseiros, hábito 7.


Hábito n.º 2 - Não saber trabalhar em equipe


Esse hábito que afeta diretamente a entrega! Em geral, trabalhamos em equipe e o resultado é o esforço de todos, mas na prática também somos avaliados individualmente. Então, comportamentos como: ser paciente, respeitoso, colaborador, saber ouvir críticas e se comprometer com os prazos definidos, vai ajudar a criar uma impressão voltada para um bom desempenho. Além de ajudar na avaliação, através de recomendações e, quem sabem, uma promoção.


Hábito n.º 1 - Mentira


Mentira e fofoca, muitas vezes andam juntas! Dois males da sociedade atual, ligada ao status e propagação de uma "vida bela" pelas redes sociais.

Não caia nessa. Nossas vidas são muito parecidas, dentro do mesmo patamar de renda, instrução e sanidade. Uns gastam mais para parecer mais ricos, outros ficam dentro do orçamento, mas não há milagre. Pessoas e empresas vão à falência depois de um período gastando mais do que ganham ou faturam.

Mesmo que mentir, tenha a melhor das intenções, faltar á verdade pode comprometer a carreira, credibilidade, a relação com os colegas, clientes e liderança.

E para finalizar, esta frase nos faz pensar no porque da mentira:

"Quando você esconde a verdade de alguém, achando que está poupando a pessoa de sofrer, na verdade você está tirando o poder de escolha que é um direito dela. conte a verdade e deixe que ela decida o que fazer." Prof. Marcel Camargo


Gostou? Comenta e diz como qual é o "seu mau hábito" de estimação!


Quer saber mais sobre o "seu jeito" e o que vale a pena mudar? Clica no link para fazer o Teste de Perfil Comportamental Profissional e, descobrir como se comportar da melhor maneira e mais fácil para você. Afinal, a ideia é usar os seus pontos fortes.


26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo